Postagens populares

sábado, 23 de junho de 2012

DO(EU)

O eu doou, vermelho de fosco vinho.
O eu que doeu doou-se ao
Erguer-se do poema.
Embora o ser sem movimento.


Postar um comentário