Postagens populares

sábado, 20 de outubro de 2012

DESENTENDENDO UM EU

Quem que ou qual quando
Coando estou no café quem
Perco o que fui tal qual zoando
Fui qual foi querendo sem
Ser voltei quase coruivando
Pois cá fiquei quando sereno o bem
Em verso rubro me entortei
Sou cem ser cio e sons sem nem
De céu e sol em cem sins saneei
Que sairão voando a trem
Num girassol solando seis
Mil nãos inteiros em zazen

Quem sou suando à beça
E estuando em pressa e bem
É onde estou sentindo
Qual me desentendendo
Um eu sumindo o outro amém
Postar um comentário