Postagens populares

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

MAR DE MÁSCARAS

Noto estranhos ritmos
navegando o entre-ilhas
do contra-senso
servindo neste comercial urbano
energéticos com ódios
para conjurar a sede

de auroras de plástico
e orgias de consumo
enquanto homens cinzentos
matam mendigos 
e mulheres castigam a si mesmas
sob inquisições de ilusão.
Postar um comentário