Postagens populares

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

SINAIS NOS PÃES

Há hastes de trigo na borda do teu corpo,
Deixa eu fazer com elas pães de amor com
Quantos sinais de amor em mim rabiscas.

(Tento não ser derramadamente
Mas teus pães me enternecem.)
Postar um comentário