Postagens populares

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

QUEBREI ESOPO

Já quebrei as mandíbulas de Esopo

com as águas que jorram de meu esquadro

buscado na inevitável enchente

de violência no começo do século

quando todos eram bichos de cartola

e não ligavam a esquadros

que soltavam águas que casavam


com fogo e não feriam.
Postar um comentário