Postagens populares

sábado, 19 de janeiro de 2013

PURA PAIXÃO DO CAMBUCI

É parente da goiaba,

Pitanga, jabuticaba,

Verde ou verde-amarelada,

Carnosa, arredondada,

Mole, doce e perfumada,

Deixa a língua acidulada,

Da família das mirtáceas,

Lembra disco-voador

Na noite que a lua enlaça.




Em Biritiba-Mirim,

Mogi das Cruzes, aqui

Em Cubatão, logo ali

Em Paranapiacaba,

Também em Paraibuna,

Salesópolis, no Parque

Que é palco de neblinas,

Na nossa Atlântica Mata,

Goza de fama e é fruto

De importância regional.




Riqueza da culinária,

Baga chata e alisada,

Com folhas de bordas lisas,

Tendo rica floração

Chegando agosto e novembro,

E em janeiro e fevereiro

Dá-se boa ocasião

Para colheita supimpa

Dessa iguaria selvagem

Nomeada por cambuci.




Como é gostosa a cachaça

Curtida, o iogurte,

Os quitutes, Yakissoba,

Suco, torta e vitamina,

Bolo, bombom e farofa,

Estrogonofe, sushi,

Carnes, coquetéis e mousse,

Sorvetes, geléias, massas,

Molho para capeletti,

Tudo a cambuci regado.




É vário o uso do fruto

Que dá o cambucizeiro,

Que entre as muitas virtudes

Para o bem dos brasileiros

Manda pra longe a velhice

Reacendendo o braseiro,

Dando alento ao que está morto,

Dando alma e corpo novo

Ao povo, revigorando

Seus amoráveis valores.
Postar um comentário