Postagens populares

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

SENSEI MOSQUITO

Sensei Mosquito

Vai pela sala

Surfando orelhas

Pouco se cala



É atrevido

Sensei Mosquito

Pra ele humanos

São pirulitos



Suga na veia

Lesto e preciso

É mestre, creia,

Mas sem juízo



Uma chinela

Balança o rabo

Desfere gestos

E dá-lhe cabo



Sensei Mosquito

Vai para o lixo

Caixão de luxo

Pra inseto e bicho

Postar um comentário