Postagens populares

segunda-feira, 1 de abril de 2013

SUANDO AO TRAÇAR-TE

Tez ensolarada,
Desenhei-te o rosto
Toando na toalha
Teu sonho feliz,
Sei que fiz, mais nada.
O traço retraça
Teu nascer em mim
E teu rosto altar
Não dá dor ou jaça

Desenhado aqui.
Nem te iguala o ar,
Nem te alcança o céu.
Doce, és mais que mel;
Sal, és mais que o mar.
Pudesse eu viver
Leve, no traçar
O momento algum
No (in)finito ver

A ti, fartara
Postar um comentário