Postagens populares

segunda-feira, 6 de maio de 2013

FERIDO DE LUAS

Pra fazer dores apareceste
No umbral da minha manhã.
Me atingiste com perdas na visão.
Me atingiste com pedras no olhar.

Tuas retinas doíam-me no peito.
Lancetaram-me e sadicamente
Simularam uma estocada perfeita
Com a borda de teus olhos.

Teu ser feriu-me de luas pois
Anoiteceram-me a faca e o garfo
Que estavam em minhas mãos
Para comer minha porção de sol.
Postar um comentário