Postagens populares

quinta-feira, 23 de maio de 2013

FODA

Mina, procuro a palavra foda.
Mas não pela palavra em si.
Pelo seu potencial de afastamento.
Digo foda, foda, foda.
E todos desviam os olhos do poema.
A palavra foda é mal falada.
Mas todos querem seu potencial de orgasmo.
Palavra com muita vida e muita morte.
Não preciso, não quero OXI.
Quero os ossos do teu sorriso, 
Quero o sorriso da tua boceta,
O cheiro natural do teu bafo,
O cheiro dos teus peidos,
O suor de tua bunda,
Quero a essência de tua animalidade,
E em ti quero achar com o tato
A palavra foda.
Postar um comentário