Postagens populares

quarta-feira, 8 de maio de 2013

TAMPOUCO SOU NEM

Mas não sou como Solano,
o poeta popular,
sou mais o fora de esquema,
apoemando a queimar.


Não, vou indo como posso,
só compasso sobre a areia,
valho por ser paradoxo,
louco por céu e sereia.

Tampouco sou de virada,
como disse um ser do mundo
e é meu verbo de nada
superficial profundo.
Postar um comentário