Postagens populares

quarta-feira, 26 de junho de 2013

ASAS DE ANJO QUEIMADAS

Um mendigo não conseguia dormir,
a avenida estava quase vazia,
o ar estava gélido,
e ele avistou dois homens com um cão,
andou uns vinte metros,
tentou se aproximar dos dois
para pedir cigarro.

Um dos homens teve medo
e acendeu no mendigo seu ódio,
que ficou sem ter
quem lhe desse um cigarro
e o outro homem
que tinha jogado gasolina,
contemplou as cinzas
que sobravam na noite
das asas de seu anjo da guarda.
Postar um comentário