Postagens populares

domingo, 30 de junho de 2013

NÃO VIRÁ O CARNAL APELO

Beber o chopp,
e tecer o crime de
apagar o amor
sem síncopes.

Ao ser da andorinha
se entreabre o sim,
amplo, e de graça,
de dentro de mim.

Não virá o tempo
do carnal apelo.
Ela: lobo e loba,
pele e cheiro.


Esperar que o tempo
cumpra a lei e assente.
E desembarace
o amor, sem pente.
Postar um comentário