Postagens populares

segunda-feira, 1 de julho de 2013

DOS HÍMENS E HOMENS

A TV fica ruim de repente
E o amor no primeiro canal
Só aparece pelado, debaixo
Insinceramente, do edredom.
Baleando o amor à queima-roupa,
A nudez dos hímens e homens
Rasga a pele dos valores.


A Morte lança dados.
Conta os óbolos.
Começa de araque, depois

Não dá mais bolo. Ó
Nos outros iraques.

Fica boa a TV.
Postar um comentário