Postagens populares

quinta-feira, 4 de julho de 2013

A VIDA ANDA

Feliz, fora,
O corpo trinca,
E, cacos dentro,
A alma vinca.

A garganta
Atrita
Com batatas
Fritas.

Um poeta é soterrado pelo poema derradeiro.

Embora trema
A fila bamba,
E a morte gema,
A vida anda.
Postar um comentário