Postagens populares

terça-feira, 16 de julho de 2013

DE DENTRO DO MEDO

Desde o primeiro vagido
O medo
Desde o primeiro medo
A submissão
Desde a primeira hesitação
Fortaleceu-se
O mito do medo
E seu deus
O filho à morte
Desde o primeiro arremedo
De choro
Desde as primeiras estrelas
Desde a primeira clava
Que atingiu a partir do medo
Mais de dez mil cidades

Do primeiro afeto
Desde cedo

A cidade de dentro
Do medo de amar
Pegava fogo
Postar um comentário