Postagens populares

segunda-feira, 1 de julho de 2013

EMPADINHA

Vendendo empadinha,
Seu Eládio voa
Por tanta ruazinha,
Nunca pára à toa.

Quando ele aponta
E apressado pisa,
Nos chegam bem antes

Cheirinhos na brisa.

Esperto, ele vende,
E não faz fiado.
Quem prova aprova
Bem saboreado.
Postar um comentário