Postagens populares

sábado, 27 de julho de 2013

O SILÊNCIO DO ALHO

Um fio na tomada melado de mostarda.
A manhã desligada numa ausência tarda.
Um ardor de febre no silêncio do alho.
Postar um comentário