Postagens populares

domingo, 28 de julho de 2013

REJEITA-ME

Há um reinado na beira dos dedos.
O poema o cospe e o caga.
Uma extrema solidão 
Para a incompreensão da boca que cospe
E do cu que joga os restos do amor.
Postar um comentário