Postagens populares

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

POR FENDAS O AMOR

Por fendas penetra o amor,
um aceso beijo pegando nariz e boca.
Dedos preparando a umidade,
ameaçando a morte, o gozo.
A fala o falo achando gruta e laço,
a língua ao corpo untando o traço.
Fim. Ressurreição.


Postar um comentário