Postagens populares

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

POEMA MERGULHADO NO AMIGO

Passa o letreiro.
O corvo só é ruim
Sem filme de terror americano.
Há escuro em não ver-te,
Melhor amigo, de preto,
Mas é que tu partes
Sem dar-me aviso
Ou amuleto.

O letreiro passa.
Como farei pra me enxergar?
Se quando vivo
Me alegravas
Com teus xingamentos
E piadas de amor lascivo?

Amigo, como escreverei
Sem a troca do sonho?
Como remarei sozinho
Neste barco bisonho?
Ficou tão grande esse mar.
Ficou tão alto 
o barulho das ondas.


Postar um comentário