Postagens populares

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

COM ORAIS MÁS ÁGUAS

Um dia o poeta, 
encachoeirando 
c(orais)-m(águas), 
fez delírios que fervem,
queimando a alma 

com inesgotável água.
Assim, o ato de fazer 
o ser com ondas
cometeu,
plantando sua líquidas 
inverdades mais leais.
Postar um comentário