Postagens populares

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

DE MEDO E PÁSSARO


Um pássaro fugiu.
Levou pacotes de vento com cheiro.
Deixou arapuca com pontas de fogo.
No céu, asas com carvão.

Um pássaro fugiu.
Levou liberdade com gemas.
Deixou coração com açúcar.
Predomínio de mãos em folhas.

Um pássaro foge todas as manhãs.
As mãos que os libertam ganham noites.
O homem que sou é asas com seiva
E escorre líquido com  palavras.
Postar um comentário