Postagens populares

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

SEU OMBRO


Seu ombro tangido aos ferventes
Magros deuses sem afagos.
Seu rosto - lança desfechada
No alvo das dormentes águas.

Seu corpo em finas teias,
Preso nas garras do relógio,
Seu corpo estufando areias,
Instando barros, escolhos.



Postar um comentário