Postagens populares

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

O MEU NARIZ

Lançam olhares ao meu nasal
Sequer ligando ao seu tremer.
- Que infeliz! - fala o pessoal.
- Sua buzina é de doer!

Caminho frente aos "narizinhos",
Ganhando bom tempo e bom espaço.
Se há cheiro à solta nos caminhos,
Sirvo-me deste narizaço.

Com toda inveja da grande quilha,
Vivem zombando os caras maus
Do meu nariz - como se vissem
Crime e ofensa no meu nasal.

Mas meu nariz vai indo em frente,
Brilhante, reto e bem feliz.
Abre seus poros, indiferente:
- Saia da frente, sou meu país!
Postar um comentário