Postagens populares

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

MINHAS GOTAS VÃO

Este poema não tem varandas.
Não é uma casa pronta.
Estou fazendo-o agora.
Sento aqui nesta nuvem
Que pra mim fiz,
Ela não chove
em mim,
Mas eu chovo
Assim
Nela.
Minhas gotas
vão pra cima
pra banhar deusas
e musas de véu.
Soando onde piso,
Sem as vãs firmezas
Do concreto.
Postar um comentário