Postagens populares

domingo, 16 de fevereiro de 2014

PRA QUE A FILHA NÃO DESANDE


Peixe aquático, fusiforme, ósseo 
(vindo de entre nuvens ósseas), 
nadadeiras ausentes nos basais
( bases donde? nos ais dos casais?), 
escamas de origem dérmica 
no tegumento (frise argumentos), 
os animais do logos andam à caça
do poema graal gutural.
O velho poeta também se achaca 
com a adolescência de sua filha 
tendo em vista sua receita velha: 
uma colher de sopa por dia
de isolamento casto 
para que a filha não desande. 
Temos excrescências 
na cabeça do poema,
não sei por quê.
E os pais são os mesmos
Id
de sempre.
Postar um comentário