Postagens populares

quarta-feira, 12 de março de 2014

DEUS, SOFTWARE (APOCALIPSE)

O que mais procuro
Se apresenta dentro

Do que necessito:
Verbo coentro corpo

Corpo inscrito na alma,
Sem inermes nexos

Bom sítio de amarmos, 
Apesar dos vermes

E do Fim que os Maias
Ternos nos trouxeram?

Mas o poema é velho:
Fala e talha o que era

Poema ou parabellum?
Inexato ou falho?

O Eu em revertério
Com largado logos

(Deus sem software
Em modo esperado?)

Quebre o Mundo em Festa- 
Lipse e em clarins
Postar um comentário