Postagens populares

quinta-feira, 13 de março de 2014

POR VEZES CHEGAM A ÍTACA ou QUEIMAMOS RÁPIDO

Homens geram
alergias míticas
quando não sabem a pele do tempo.

Seletos porcos bípedes
abrem os olhos ao Ser-Net.

Híbridos remoinhos
jogam sorrindo
a inocência de barcos
no fundo da tarde.

Cilas discursa às ondas,
diz que é bom pra voz :
- Homens são prisões
para mulheres, às
vezes a vida toda.
Elas abrem-se neles
com fé nos cabelos.
Espalham o útero
delas sobre a mesa,
algumas os comem
quando morrem.
Eles sem a chave de si
Às vezes cedem a sereias.
Ás vezes, chegam a Ítaca.
Muito diferem do espelho.

Necessário o desespero
para chegar à aldeia interna
com pureza.

Meus amigos queimam rápido.

Ítaca sempre está em fúria.

Oculta verdades insólitas.

Na verdade, Penélope não aguentou esperar.

Está na Estação, comendo cocô de luar.

Todos queimamos rápido a pele do tempo.

Dez anos passam céleres.
Postar um comentário