Postagens populares

segunda-feira, 24 de março de 2014

ONDE HUMANO É SER PEDRA

Outra aguarda
o momento de ser enterrada
até o pescoço e apedrejada.
Condenada pelo artigo tal
de um Código Penal xis,
que prescreve a

lapidação por adultério,
confessou, em sangue,
sob chicotadas convincentes
- sempre -
ter mantido relações ilícitas.
Das cem chicotadas,
99 por "senso de um bom juiz".


Há um local edênico
todo construído 
sobre ossos de mulheres!
O anjo que o protege
porta uma espada de cálcio.
Homens enterrados têm as mãos livres.
Mulheres têm terra até o pescoço.
Dizem que merecem mais
da Mãe-Terra.

Lá a humanidade pertence a uma pedra.

Que se negou às ordens de uma mão.
Postar um comentário