Postagens populares

quarta-feira, 21 de maio de 2014

O QUE RESTA

Rios plenos e escuros
de léxicos e tóxicos
abrem os ouvidos
às árvores oblíquas
de um tempo brisado.

Inadmissíveis teses
jorram folhas de lata.
José procura a filha,
entre águas amplas,
crendo nas vozes
restantes da ressaca

da última alegria.

Mas bem lá no fundo
sabe da insensatez
de parar o seguidor
de seu próprio destino.
Postar um comentário