Postagens populares

quarta-feira, 21 de maio de 2014

O QUE RESTA

Rios plenos e escuros
de tragédias e lixos
abrem os ouvidos
às árvores oblíquas
de deuses mortos, antigos.

Inadmissíveis teses
jorram ausências de vida.
José procura a filha,
entre águas que virão,
crendo nos olhos do deus
que sobrou na ressaca

da última guerra no Olimpo.

Mas bem lá no fundo
josés sabem da insensatez
de procurar filhos
afogados no futuro.
Postar um comentário