Postagens populares

segunda-feira, 2 de junho de 2014

JÁ FEITO

O poema já foi feito
com cordames secos
o navio calafetado de medos
as velas robustas se rasgam
as sereias se despenteiam

Ligando a TV veio o azul
a conta não foi paga
tempo demais no banheiro
pilulas para acelerar o metabolismo

O mar resta encapelado
as espumas com seu bafo de conchas
o espelho rezando aos dentes
o poema já foi desfeito

O vizinho trancado na brisa
as chaves no palácio
o tempo está moderado
o cachorro liberto em fuga
a sede o fará voltar em miniatura
Postar um comentário