Postagens populares

segunda-feira, 14 de julho de 2014

O SER, PEIXE ABSTÊMIO

Fodida a alma,

Sem escamas sangra.

O que somos de humanidade

Mente o tempo e o rompe.

Assim, uma mentira por dentro

Com uma verdade enferrujada


Por fora.

Sem escamas sangra


O ser,

Peixe abstêmio.
Postar um comentário