Postagens populares

domingo, 19 de outubro de 2014

APESAR DE TUDO SOU

Apesar das algemas
sou liberto
como um poema incerto
na argamassa do espaço

Apesar das grades
sou liberto
como traço em tela
de um olho dormindo

Apesar do estilete
sou liberto
como um cabelo ao vento
ou um alheio sentimento
Postar um comentário