Postagens populares

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

VIZINHANÇA ENQUANTO A NOITE DESCE

O vizinho de trás
ajeita o microfone e canta,
sem ter nada disso,
ajeitando-se no invisível.
À frente, Guimarães Rosa,
reencarnado numa roseira,
ali descansa um gato.
Acima, uma mulher enche bacias
e as joga nas cabeças dos pardais.
Na frente, roubam, roubam,
e não devolvem. Inclusive o dono
Do quiosque. A noite está descendo
E esquecerei a todos, quando ela retornar
Da cantina.

Postar um comentário