Postagens populares

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

FLUTUANDO

O afogado vai flutuando,
flores e folhas e algas se juntam
aos peixes mortos que cria sob o braço direito,
um dia ele viveu na superfície,
amou, comeu, defecou, amou (ou pensou)
e agora como um barco vai
ao sabor da paz do rio 

com odor de deuses mortos
Postar um comentário