Postagens populares

terça-feira, 5 de maio de 2015

Deixem-me Flutuar

Deixem-me flutuar
nas ondas que não desenhei,
no quadro onde o mar reina
com sua anatomia verde-azul

Que meus sonhos não se percam
de todo,
que haja reinos pra conquistar
na carne do futuro

Deixem-me na espera
com águas vivas sob as axilas,
o céu a se juntar ao mar
nos becos ignorados de Babilônia

Que eu flutue até a brecha do som primeiro
no início do nada
Postar um comentário