Postagens populares

terça-feira, 22 de setembro de 2015

PRA NÃO MAGOAR

Não, meus ombros não suportam nada.

Sequer me suportam.

O mundo não paga a pena.

Monteiro Lobato está vivo

em cada gota de petróleo.

Meus ombros doem só de sentir o peso do ar.


Há homens bons e maus.

Há mais notícia dos maus.

Meus amigos não me perdoam.

Meus amigos me perdoam.

Meus inimigos são fracos.

Tão fracos que são amigos do peito.


Ontem, sobre os ombros coloquei sonhos novos.

Ainda sonho. Leve pra não magoar.
Postar um comentário