Postagens populares

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

CONSCIÊNCIAS FRI(T)AS

Os rios e suas carícias nas pedras
ante olhos vegetais,
os espelhos dos céus enfermos
de estireno e os peixes guelras lacrimejam
enquanto acabam o canto morto
do peixe outrora vivo :
como pode o peixe morto
despertar consciências frias?
Postar um comentário