Postagens populares

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

O SER DO VENTO

Desarmei-me o ser
do tempo.

E fiquei como água,
a afogar
líquidas memórias.
Postar um comentário