Postagens populares

terça-feira, 24 de outubro de 2017

VENTO SALSO

Por vezes, voam
palavras autônomas,

quais aves-peste
espíritos libertos,
e deixam a sensação 

de atravessar
vitrais de vitrais 

dentro de vitrais.
A vida sendo doída
face de igreja cariada.
Há em mim o fervor de tecê-los.
O caminho que sigo parado
dá para um bar no lado
onde a poesia é torresmática 
servida com ovo cozido,
e o espanto tem cheiro
de alma com seios de santas
de vitrais.
Postar um comentário