Postagens populares

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O SER VOE

Vento que vagas
Fundo a vogar
O que divagas
Por entre rochas
Duras no a(mar)?
Voando em vão
Voraz virando

Violento e forte
Violando vilas
Vais opulento
Voilà me leva
Nesse arrebento
De flutuar
Sobre estas dores
Venta em meus olhos

Vento em folgança
E que o Ser voe
Pr'outras lembranças!
Postar um comentário