Postagens populares

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O CAOS SEMPRE CAUSOU

As folhas eram imensas
em meio às anãs centenárias.
Vestiam a árvore-vida
com falso amor. Hetairas.

Disparavam muitas flechas
na direção da culpa,
sendo todos inocentes
de araque.

O caos sempre causou

à tona dos olhos.
Postar um comentário