Postagens populares

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

MARIPOSINHA INFIEL

Mariposinha danada!
Não consegue ser fiel,
Olha uma luz, já se agrada,
Vê estrela, jura ao céu.

Ontem: aquela luzinha
Da casinha do Israel;
Anteontem: um brilhinho
Nos brinquinhos de Isabel.

Mariposinha inconstante,
Excitadinha por luz,
Por causa de estrela nova
Abandona a que a conduz.

Outro dia, em minha casa,
Deitava eu no sofá,
Ela a uma acesa lanterna
Começou a rodear.

Olhou um toco de vela
Que acendi, foi xavecar.
"É que são tantas as belas!
Como a só uma cercar?"

Minha doce namorada,
Da visão fecha as janelas!
Se eu pegar essa avoada
Nos teus olhos, mato ela!
Postar um comentário