Postagens populares

domingo, 13 de janeiro de 2013

VAI E VEM NA AVENIDA NOVE

Ouvimos a voz alquímica 
dos sons em seus quadris,
abarcando-nos com seus tons atávicos.
E quando você é apenas uma pasta no solo
Ela vem, dança ao som dos tambores e lhe diz:
- Desculpe, eu não lhe vi. 
E do mesmo modo que veio
Vai, a avançar na avenida nove.
Dali a pouco chega Lilith,
A faxineira da Terracom
Que você nunca viu,
Sorri a se agachar sem pressa,
A desobstruir o bueiro
Das folhas pisadas de seu coração,
Deitado há pouco na avenida nove.
Postar um comentário