Postagens populares

terça-feira, 16 de abril de 2013

GRÃOS DE CORAGEM NO TREMOR

Estão na rua. São os homens cinzas.
Batem ovelhas em paredes.

Sempre de olhos infames,
Cartolas cinzas como seus bafos.

Aproximam olhos e boca das calçadas.
O dia está fedendo sempre em suas bocas.

As vítimas rodam em volta dos tijolos.
A cal entorta, provoca enjoos.

Conversam os carrascos entre si.
-Nem todas, como se lê, são...

Há alguma rebeldia luminosa.
Ironiza a lã no bigode do monge.

Um dia, Joãozinho Trinta
pôs brilho na boca da gárgula.

Há carnaval  ainda onde não sofriam.
Há grãos de coragem no tremor.
Postar um comentário