Postagens populares

quarta-feira, 12 de junho de 2013

NEM SEMPRE POESIA SUAVE

Mas nem sempre uma poesia suaviza.
Às vezes, dói como uma rosa de pequeno príncipe,

Dor feita de distância estelar e saudades,
Ou dói como a fome nordestina, mesmo sem espinhos.
Postar um comentário