Postagens populares

quinta-feira, 25 de julho de 2013

O TEMPO É TEU?

Pode pisar, o tempo é teu,
Não esqueças que embaixo,
Embora o espaço/tempo dobre
E nos confronte,
Senhora,
Faço palavras-circunferência.

Quando estiveres sem ar em cima
Não esqueças a força que de teus olhos
Senhora
Pus ao canto dos meus óculos como estepe
E só há sofrimento no poema
Quando ele se joga.
Postar um comentário