Postagens populares

domingo, 15 de setembro de 2013

ÁGUA E EGO EM ÁGUIA E IOGA




Nas periferias, distâncias 
se tornam indiferença.
Tenho de ser águia?
De fazer Ioga?

Não quero ser lágrima 
ou catarro do mendigo em fogo 
ou do menino peneira de balas.
Quero lhes dar as palavras que costuro
em minh'água e ego em brisa e brasa.
Talvez versos meus matem a sede da lua baça.
Postar um comentário