Postagens populares

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

POEMA SUICIDA

Meu poema sem fecho 
Está fechado no livro
Com vida em bolhas.

Vedou todas as folhas.
Pôs línguas lá dentro.
Só observo, na mesa.

Logo, forçarei a entrada.
E farei boca-a-boca
Na poesia fechada.
Postar um comentário